Grupo Folclórico da Corredoura

Corredoura, localidade da vila de S.Torcato a Norte, e a seis quilómetros da Cidade de Guimarães, terra de grandes tradições culturais e religiosas, marcada ainda por uma forte componente agrícola, onde se pode observar com rara beleza os campos e as searas do milho, linho e centeio, é hoje em dia um dos pólos de maior desenvolvimento sócio-cultural da região, participada por um enorme movimento associativo, e um grande surto de desenvolvimento industrial na área têxtil, calçado e construção.

 

Tendo como finalidade a ocupação dos tempos livres do Povo da sua Terra, o gosto pela dança, canto e música, foi fundado em 1 de Março do ano de 1956 o Grupo Folclórico da Corredoura, que desde logo desenvolveu um verdadeiro trabalho de pesquisa e de recolha dos usos, costumes e tradições dos seus antepassados, e da sua região.

A sua apresentação oficial aconteceu no dia 4 de Agosto do ano de 1957 nas Festas da Cidade e Gualterianas e desde logo obteve os mais rasgados elogios do grande etnógrafo padre Mourinho, pela pureza dos seus cantares, danças e trajos recolhidos na área das terras de Santa Maria.

 

Os seus trajos representativos de fins do século XVIII e princípios do Século XIX são considerados os mais puros, genuínos e autênticos da sua região, tendo consquistado diversos prémios e várias distinções. [Conscientes do valor riquíssimo do património que possuímos, celebramos um protocolo com o Museu Alberto Sampaio para depósito de um conjunto de peças de elevado valor, atéq ue possam ser expostas no museu do Grupo que estamos a organizar.

 

Actuou em todos os grandes Festivais Nacionais e Internacionais que se realizam de Norte a Sul do País e ilha da Madeira, onde já conquistou diversos prémios, efectuando também diversas deslocações ao estrangeiro:

   

É sócio fundador da Federação do Folclore Português, e do INATEL.

 

Tem seis discos gravados, quatro cassetes, cinco CD's, actuou diversas vezes para as seguintes estações de televisão: RTP1, RTP Internacinal, RTP África, SIC, TVI, RTP Madeira, TV Galiza, RAI, TVE, RTF, TVH, TV Globo, TV Bandeirantes e TV Record Internacional do Brasil.

 

Organiza todos os anos, no primeiro Sábado de Julho, o Linhal da Corredoura (Festa do Linho) , única da região, considerada uma das mais genuínas e expressivas manifestações etnofolclóricas de toda a região Norte.

 

O Grupo Folclórico da Corredoura é aquele que mais tem contribuído para a afirmação das nossas tradições locias, que melhor tem sabido representar os valores fundamentais da nossa cultura popular, que mais trabalho tem desenvolvido na preservação do património cultural da sua região .

 

Como reconhecimento ao enorme contributo que o Grupo Folclórico da Corredoura tem prestado à cultura de matriz popular da sua região, foi condecorado com a Medalha em Prata de Mérito Associativo pela Câmara Municipal de Guimarães. Pela autenticidade dos seus trajos, pela pureza das suas danças e dos seus cantares, pela preservação dos usos e costumes dos seus antepassados, pela divulgação da música tradicional e popular portuguesa, foi por sua Ex.ª o ex - Presidente da República (Dr. Mário Soares), considerado em 9 de Outubro de 1985 o primeiro Grupo Folclórico da região como colectividade de utilidade pública, feito que muito nos honra e prestigia.